Inglês para os pequenos


 

Eles ainda nem falam “mamãe”, mas já estão aprendendo que ela também pode ser chamada de ” mommy. Os mais novos alunos de cursos de inglês são bebês. Segundo os especialistas, é no primeiro ano de vida que as funções cerebrais ligadas à linguagem estão se formando. Isso significa que aprender um segundo idioma neste período não só os torna fluentes no idioma como também ajuda a deixá-los mais sabidos, já que estimularia áreas do cérebro ligadas a outras funções.
Os bebês são capazes de reagir de maneira diferente a línguas diferentes. Ao nascer, o cérebro está apto para lidar e reproduzir todos os sons da humanidade. E as crianças são capazes de balbuciá-los. É como se cada som fosse um fio desencapado e, conforme temos contato com uma língua, vamos encapando os mais usados. Aos 7 anos, esta capacidade praticamente se encerra. É o que chamamos de janela de oportunidade . Além do conhecimento da língua, é fundamental um trabalho pedagógico bem estruturado para se trabalhar com crianças bem pequenas. A construção da linguagem passa pelas experiências sensoriais e afetivas.
Aprender um segundo idioma no primeiro ano de vida é apenas natural. Aqui no Brasil não é muito comum, mas na Europa, as crianças são bilíngues porque convivem com familiares de diferentes países . Defendo que o ensino ocorra o mais cedo possível. Num mundo globalizado é tudo o que a gente quer. Mas não há garantias de que colocar a criança uma vez por semana ela se tornará bilíngue. Tudo depende da qualidade do trabalho desenvolvido.
Aprender um segundo idioma na primeira infância é ir muito além da língua. Elas aparentemente têm mais facilidade com outras matérias como matemática.
Alerta aos pais mais ansiosos: não esperem que os filhos saiam falando em inglês de um dia para o outro ou que falem as palavrinhas novas para os avós no almoço de domingo:
– Assim como cada criança tem um tempo para falar na sua língua materna, ela tem um tempo para se familiarizar com a segunda língua. Mas o que chamamos de período silencioso também é rico. A criança está processando as informações e vai falar no contexto oportuno.

Petter Pan 2013 | Desenvolvido por